5 episódios memoráveis de Grey’s Anatomy

Tempo de leitura: 7 minutos

Um programa de televisão precisa ter muita história para contar e se manter no ar com bons índices de audiência. E história é o que não falta em Grey’s Anatomy. Seja alegria ou tristeza, a série traz muitas emoções para os telespectadores que de mantêm interessados mesmo após 16 temporadas. 

A criação de Shonda Rhimes (também criadora de outros títulos de sucesso como Scandal e How to Get Away with Murder) é considerada uma das melhores séries americanas dos últimos tempos. Isso porque conquistou uma legião de fãs que se apaixonaram, odiaram, sorriram e sofreram ao longo dos episódios.

 

A trama e os personagens de Grey’s Anatomy

A trama de Grey’s Anatomy é ambientada no fictício hospital Seattle Grace, que mais tarde se tornou o Hospital Memorial Grey-Sloan. Ela mostra o dia a dia dos pacientes e dos médicos internos, residentes e atendentes. A série acompanha a protagonista Meredith Grey (Ellen Pompeo) em sua jornada para se tornar uma profissional de excelência. 

A personagem principal, junto com seus amigos, formam o grupo conhecido pelos fãs como M.A.G.I.C.: Meredith, Alex Karev (Justin Chambers), George O’Malley (T.R Knight), Izzie Stevens (Katherine Heigl) e Cristina Yang (Sandra Oh). 

Além deles, a série também mostra os chefes Miranda Bailey (Chandra Wilson) e Richard Webber (James Pickens Jr.) e, é claro, o interesse amoroso de Grey, Derek Sheperd (Patrick Dempsey). Ao longo das 16 temporadas, alguns personagens antigos vão saindo e novos entram para ajudar a construir e melhorar a história cada vez mais. O que não falta em Grey’s Anatomy é muito drama, choro e também mortes.

 

Grey’s Anatomy: lista de episódios

Desde 2005 no ar, já foram ao ar mais de 330 episódios, divididos em 16 temporadas. Para relembrar os melhores momentos, a CSSAT reuniu em uma lista alguns dos episódios mais memoráveis de Grey’s Anatomy:

 

A Hard Day’s Night (Temporada 1, episódio 1)

Não tem como começar a falar de Grey’s Anatomy sem citar o começo de tudo. No primeiro episódio, o público é apresentado para Meredith Grey, que conhece Derek Shepherd. Os dois acabam passando a noite juntos e, no outro dia, descobrem que vão trabalhar juntos no hospital Seattle Grace, que é o principal cenário e pano de fundo da série. 

Meredith faz parte da nova turma de internos que está começando seu aprendizado dentro do hospital-escola, junto com Cristina, Izzie, Alex e George. Enquanto isso, Derek é um neurocirurgião atendente no mesmo hospital. 

O episódio que marca o início de Grey’s Anatomy teve uma boa recepção dos críticos na época. Ele gira em torno dos cinco novos médicos tendo que cobrir um turno de 48 horas sob a supervisão de Miranda, que é a residente responsável pelo grupo.

 

Into You Like A Train (Temporada 2, episódio 6)

 

Após se mostrar totalmente vulnerável no episódio anterior ao dizer a sua famosa frase “so pick me, choose me, love me (então me selecione, me escolha, me ame)”, Meredith vive a angústia de esperar para saber qual será a decisão de Derek. Enquanto isso, diversos pacientes chegam ao hospital por conta de um acidente de trem. 

Entre as vítimas, estão Bronnie (Monica Keena) e Tom (Bruce A. Young), dois passageiros que estão unidos por uma barra de metal que atravessa seus corpos. Os médicos então informam que a única maneira de tentar salvá-los é com uma cirurgia complicada que envolve puxar um deles da barra, o que pode levar à morte. Tom, por ser mais velho, se oferece. Entretanto, Bonnie está em estado mais grave e acaba sendo escolhida. 

 

O episódio inteiro é tocante por conta do drama vivido, sendo tudo nesse episódio motivo de lágrimas. 

 

It’s The End Of The World e As We Know It (Temporada 2, episódios 16 e 17)

É impossível esquecer o episódio da bomba. Um grande plot no episódio duplo logo na segunda temporada de Grey’s Anatomy é consistentemente bem avaliado. Inclusive, garantiu uma indicação ao Emmy de 2006 para Shonda Rhimes por melhor roteiro em uma série dramática. 

Apesar do episódio começar com um alívio cômico, logo vemos a paramédica Hanna (Christina Ricci) dando entrada no Seattle Grace com a mão no peito de um paciente para impedir o sangramento. A esposa dele está em choque e não consegue dizer o que realmente aconteceu. Após conseguir acalmá-la, Alex Karev descobre que há uma bomba no tórax do homem que pode explodir a qualquer minuto.

Todos recebem “blackcode” e a ansiedade toma conta. A jovem paramédica que está segurando a munição se desespera e precisa soltar o objeto. Meredith então assume seu lugar para evitar que tudo vá pelos ares. No final das contas, a bomba explode e leva com ela o oficial que acompanhava o processo.

Paralelo a isso, Bailey entra em trabalho de parto, mas por conta de um ataque de pânico tem dificuldades. George é o responsável por auxiliá-la nesse momento e trazer Tucker ao mundo. Além disso, o marido de Bailey precisa passar por uma cirurgia, após chegar ao Seattle Grace por ter sido vítima de um acidente de carro.

 

Now or Never (Temporada 5, episódio 24)

Entre os fãs de Grey’s Anatomy é consenso que esse episódio é um dos mais tristes e emblemáticos da série. Entre o famoso casamento por post-it de Merder (como é conhecido o casal formado por Meredith e Derek), o episódio começa com todos preocupados com a saúde de Izzie, que apresenta falhas de memória e está em uma fase complexa em seu tratamento do câncer. 

Com a chegada de um paciente desconhecido que, mais tarde, todos descobrem se tratar de George, Now or Never marca o início do desfalque do grupo M.A.G.I.C. e a trama toda é bem costurada. A cena do elevador é de partir o coração e sempre será lembrada pelos fãs.

 

Silent All These Years (Temporada 15, episódio 19)

Nesse episódio, uma paciente chamada Abby (Khalilah Joi) chega ao hospital. Em determinado momento, ela confessa ter sido vítima de um estupro. Ao longo do episódio, a vítima passa a por uma série de exames chamada de “kit de estupro”, em que são recolhidas provas da violência.

Além de exibir uma prática da medicina como é feita, Silent All These Years trouxe diversos questionamentos delicados sobre culpabilização da vítima, consentimento e também a importância da denúncia e de poder contar com uma rede de apoio feminina. 

Grey’s Anatomy levou ao ar nesse episódio uma das cenas mais impactantes e comoventes da série: Abby estava com medo e, por isso, todas as funcionárias do hospital se reuniram. Dessa forma, ao ir para a sala de cirurgia, ela se deparou com um corredor de mulheres, demonstrando seu apoio a cada passo do caminho.

Maratone Grey’s Anatomy com a CSSAT

A tecnologia do CSSAT trouxe consigo o avanço da TV digital, que tem o intuito de solucionar o problema daqueles que só possuíam acesso aos canais de TV analógicos de má qualidade: o sinal de TV analógico era instável e de péssima qualidade do sinal.

Muitas vezes a tecnologia empregada sofria interferência de diversas fontes, comprometendo a qualidade do sinal, o som e a imagem. Dessa forma, o teste CS é a solução que faltava para você acompanhar sua série favorita. Acesse a sua série predileta com seu celular, tablet, notebook, TV e demais dispositivos. Conte com teste CS Sky, CS Net ou CS Claro e boa maratona!

Para saber como assistir Grey’s Anatomy, converse conosco!

[wpdevart_facebook_comment/* Para remover esta mensagem, instale e configure o plugin Facebook Comments WordPress (https://wordpress.org/plugins/comments-from-facebook/) em "Plugins > Adicionar Novo" */]